sábado, 27 de dezembro de 2008

Tenho sentidos..... vejo e sinto muito...


“Eu não tenho filosofias...
...tenho SENTIDOS…”


[Fernando Pessoa]


No meu telhado...

Os meus sentidos andam despertos
este Natal cheirou-me a demasia,
soube-me a muito pouco,
não consegui ouvir os passos,
e nos sorrisos não vi brilho
nem senti abraços quentes e firmes...


Debaixo do meu telhado vi... vi a verdade nos gestos
Senti partilha na mesa de jantar.
Ouvi os passos dos mais pequenos,
saltitando e cantarolando...
Saboreei aquela conversa que só nós pudemos ter,
cheirei aquele sonho especial
que só a minha Mãe sabe fazer crescer...
...em família os meus sentidos rejubilaram...


Nos outros telhados não!
Ouvi noticias do muito... Vi retratos de plástico...
...saboreei o amargo da distância.
Neste Natal houve papel a mais,
muita fita brilhante no chão,
caixotes por reciclar, famílias estáticas e
crianças sem sorrir, sem conversar...
...apreciando o que de mais bélico existe ...
Crescer para Ter....


Vera Luís

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Toda a verdade ... Porquê que o Mar é Azul?


Apesar de estarmos à espera da chegada de um dos elementos do grupo do Projecto, nós já sabemos explicar muito bem porquê que o Mar é azul se a água é transparente!


A água do mar é transparente mas quando se observa de uma forma horizontal e até mais alargada parece azul, verde ou até cinzento.


Eis a resposta:


O reflexo do céu não torna o mar azul , o que torna o mar azul é o facto de que a luz azul não é absorvida ,ao contrário do amarelo e do vermelho. Também depende da cor da terra ou das algas transportadas pelas suas águas. A partir de uma certa profundidade, as cores começam a deixar de ver do fundo do mar. A primeira cor a deixar de se ver é a vermelha, aos seis metros, depois, aos quinze, desaparece a amarela, até chegar a um ponto em que só se verá o azul.

domingo, 21 de dezembro de 2008

A todos um Santo Natal..........




O que eu quero neste Natal não são presentes...

Quero continuar assim, com cada um de vós... na amizade, diversão, crescimento, interacção e muita partilha...

Este será o meu melhor presente... ter-vos comigo e sentir o vosso apoio e confiança no meu trabalho. E é isso que tenho sentido nos momentos que vivo convosco... a palavra mágica, a carta especial, o postal de família, o filme de uma vida... fizeram-me mais uma vez reflectir, sorrir de uma forma emocionada e abraçar a equipa com quem trabalho todos os dias!

O meu obrigada a todos!!!

Aos meus meninos ... os mais doces de sempre!!!

Aos meus meninos, amigos das outras salas ... os mais companheiros de sempre!!!

A todas as famílias desta escola MARAVILHOSA, sem dúvida são os mais participativos de sempre ... fazem parte da nossa equipa!!!

À melhor equipa de trabalho... já chamada de DREAMTEAM... é a melhor de sempre, nunca vi igual, queremos todos o mesmo... o melhor para as CRIANÇAS da Piloto Diese... e acreditem, não existem horas, nem desmotivação o que sentimos é homogéneo e bastante forte!

A todos os amigos que fazem desta escola um espaço de sorrisos, um lugar quentinho e cheio de alegria!!!

SOMOS MESMO UMA FAMÍLIA!!!

domingo, 14 de dezembro de 2008

Projecto - Porquê que o Mar é Azul?




Porque é que o Mar é Azul?


Alguém nos sabe responder???...

... não vale pesquisar! Só senso comum! Nós já sabemos, mas agora queremos ver se as respostas estão de acordo com a realidade ou com os pré-adquiridos que todos tínhamos aqui na nossa sala!
Vá ... coragem, sejam sinceros e não pesquisem!!!

sábado, 13 de dezembro de 2008

Paralele o quê....????


Vera- Então a nossa árvore de Natal como vai ser?


P.C., L.B., I.C., S.C. - Vamos construí-la com estes sólidos que tivemos a montar, boa!!!?


Vera- Grande ideia, temos agora que propor aos amigos, não é?

P.C. - Podemos pedir à Miana para nos ajudar a construir mais paralelapitos e ficamos com muitos para a árvore....

Vera- Paralele... o quê....

P.C. e amigos- (Grandes gargalhadas).........

Vera - Paralelepípedos, é isso não é!!!???

Projecto "O que são sólidos geométricos?"


Depois de termos percebido que as Figuras Geométricas Planas são diferentes dos Sólidos Geométricos partimos para um grande Projecto ao Mundo da Matemática Tridimensional!


Talvez todos já saibam, mas não custa lembrar que existem figuras de zero dimensões, de uma dimensão, de duas dimensões e de três dimensões, e foi isso que nós fomos investigar com este projecto, e até eu relembrei esta matéria da Matemática, que é tão importante. Nada melhor que observar e compreender na prática com exemplos reais para elevarmos o pensamento, o cálculo ao que não vemos, ao que eu chamo muitas vezes de Matemática Invisível.

Descobrimos que ...

A única figura de zero dimensões é o ponto ( . ).


As figuras de uma dimensão são as linhas, sejam rectas, sejam curvas.


Figuras de duas dimensões, também chamadas de figuras planas, são aquelas que não tem volume. Entre elas podemos encontrar o círculo, o triângulo, o quadrado, o pentágono, o hexágono etc...


Quanto às figuras tridimensionais - isto é, de 3 dimensões - são aquelas que tem um volume. Elas também são chamadas de "sólidos geométricos". Descobrimos bastante sobre estas figuras. Comparamos a esfera, a pirâmide, o cubo, o cilindro, o cone, o paralelepípedo com vários objectos do nosso quotidiano... e encontrámos bastantes, vejam só: cone-gelado; paralelepípedo -caixa de sapatos; cubo-casa; pirâmide-telhado; esfera-bola de futebol...


Estas descobertas foram bastante significativas para nós, tanto que até pensámos em construir a nossa árvore de Natal com sólidos Geométricos!!! Ficou espectacular! Demorou bastante tempo a ser construída, trabalhámos imenso... mas a compensação está à vista ... Uma árvore de Natal fantástica e realizada com bastante cálculo, organização e como sempre em equipa!!!

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Uma imagem que representa bem a nossa sala!

É este o espírito... do nosso Projecto Família Leitora... leitura, interacção familiar, diversão e fim de semana com cheiro a livro...
*****************************************************
****
Obrigada a todos os Pais, familiares e amigos que têm contribuído para com este Projecto! Ainda hoje nos chegou mais um livro ... e o ar de felicidade e entusiasmo para o conhecer foi muito, vale tudo para viver estes momentos! Mais uma vez o meu sincero obrigada!!!

Para quem não conhece este nosso Projecto eu prometo explicar num próximo post!!!


segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Quem não teve????

Do piolho à escarlatina, não esquecendo as súbitas aterragens de joelho ou mão, em piso rugoso, passando pela mão que coça o nariz e investiga o seu interior... a mão dentro da calça ajeitando uma cueca, um dedo curioso que tem olhos na ponta e precisa de experimentar e cutucar a ferida ainda recente... o chichi que não avisou.... na nossa sala há de tudo!!! E vamos tendo muita compreensão, daquela mais solidária, pois como lhes reforço sempre: a mim também já me aconteceu tudo isto!!! E a quem não!!!???

Digam-me os que não tiveram piolhos...escarlatina... varicela... papeira...alguns ataques de falta de protocolo, fúrias de querer e não querer, angústias por gostar, desespero por não ter, curiosidade em experimentar... quem não teve as ditas maleitas físicas... virais... contagiosas... e outras que nem se sabe a origem mas remonta a antiguidade!!! Todo o mundo teve e "muito ainda tem"!!!!

Estamos cá para isso mesmo... para compreender, ajudar e apoiar todos estes casos, (e crucifiquem-me agora), CASOS SAUDÁVEIS, pois sem eles ninguém daria valor a nada... eu sei do que falo... e de pequenino é que aprendemos o valor, o princípio, o correcto, a verdade e o ideal...
*********************************************************************************
No entanto... atenção redobrada, o cuidado e consciencialização para o controlar e assegurar atempadamente a situação, caberá sempre ao adulto... essa é tarefa nossa... Estar sempre alerta não faz, nem nunca fez, mossa em ninguém, já o contrário...
Verificar e minimizar os riscos de possíveis contágios e propagação no meio envolvente, neste caso a escola, é da máxima responsabilidade dos Pais e daqueles que mais amam as nossas crianças!!! Vamos estar atentos e zelar pelo interesse e bem estar de todos nós!!!!

sábado, 29 de novembro de 2008

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Teatro de Marionetas: O Princípe Maravilha e a Princesa Disparates...


Eu e a Miana...um grande cenário... uma história espectacular ... marionetas bem divertidas ... e o melhor ... O maravilhoso Público da Diese... todos juntos vivemos uma bela tarde de diversão, aprendizagem e muita partilha...


Porque o melhor da vida é partilhar.........

Digitinta ... A Arte do dedo como pincel...


Experimentámos fazer digitinta branca e decalcar em cartolina preta para vermos bem os contrastes, no final cobrimos, com lápis de cera pastel, todas as linhas que tinham feito dos nossos desenhos grandes obras de Arte!!!! Apreciem...

E porque o melhor é recordar....


Andei em reflexão... introspecção pois sabia que teria de falar da nossa famosa visita ao Palácio de Queluz!!!
Pois é... e assim vai ser... em tom de "Filme à Quentin Tarantino"!!!!!

Take 1- Chegámos...


Take 2 - Sentámos-nos e comemos uma bolachinha... que com o frio até parecia estar quentinha... diziam alguns...


Take 3 - Pedimos informações, tirámos as nossas dúvidas... pois nada de princesa Maria Ana... ainda disse em tom sério e majestoso:"Sua alteza Real está a pôr-se bonita para nos receber"!


Take 4 - Eis... que um súbdito, do século XXI, do Palácio de Queluz, com grande simpatia e muita caaaaaalma, ( que até fazia confusão), nos disse: "Podem dar a volta ao Palácio e esperar que irá alguém ... um guia, ter convosco".... Boa dizia eu para acalmar os ânimos ... e a Miana soprava...


Take 5- Nós fomos a segunda escola a chegar ao Palácio... depois começaram a chegar muitas outras, só mais quatro, mas pareciam muitos... e estavam todos ansiosos e em grande excitação!


Take 6 - Nós comemos bolachinhas e esperámos... nós pedimos informações e esperamos ....e esperamos... as crianças a adorar e eu quase a corar... Estou mesmo a exagerar ... foram só 45m de espera... mas com tanto entusiasmo pareceram 2h!!!


Take 7 - Tive uma "grande boa ideia", pensei eu.... vamos tirar fotos enquanto esperámos...


Take 8 - Tirei a máquina .... comecei a dita sessão fotográfica e .... máquina estragada... dizia: Não existe Memory Stick... o que quer dizer em português... Vera Luís "e agora... plano B"


Take 9 - Oh meu Deus!... vai de telemóvel, claro que disparate... ele até tem 2G de memória... AHAHAH brincalhão... está apagadinho.... Ups.... Não tem bateria!!!


Take 10 - Mas que tonteira... a Marta tem "máquina de tirar retratos :)" ... - Matita preciso da máquina!!!


Take 11 - Verinha não tenho bateria................ mas que falha......... abraçadas quase que chorámos... estou a dramatizar pois tínhamos o plano B3 .... telemóvel da Marta..... foi funcionando mas a qualidade não foi a melhor.... mas o melhor ainda estava para vir!


Take 12 - Chegou um súbdito, à século XVIII, da Princesa Maria Ana... para nos guiar até á sala de entrada do palácio.... instalou-se então a confusão... a revolta dos pasteis de Queluz... pois apenas nós e outra escola (Centro Social de Odivelas, a primeira escola a chegar), ficámos parados à espera que nos mandassem realmente entrar... mas os outros estabelecimentos de ensino, chamadas ESCOLAS, passaram à nossa frente......... Eu e a Miana não estávamos em nós e repreendemos as senhoras educadoras com idade para serem nossas avós, os nossos meninos entusiasmavam-nos à revolução dos marqueses e a Matita e Patrícia morriam de vergonha!!! E nós incessantes!!! Não deu em nada... apenas ganhámos mais um ensinamento... devemos saber esperar... e entrar por ordem de chegada... esta foi a moral retirada da M.B. (da sala da Vera), que só tem 4 anos, mas é uma cidadã activa... e vive democraticamente respeitando os outros e cooperando ideias com outros amigos............ Realmente o trabalho que fazemos na sala não cai por Terra... revê-se........ e em certos casos também se partilha... pois a outra educadora e os seus alunos estavam igualmente chocados!!!


Take 13 - A Visita correu muito bem ... foi espectacular... desde a visita a todas as salas habitadas pela Princesa, aos Jardins, a famosa Sala dos Espelhos, também a oferta dada no final da visita à Princesa e o nosso privilégio de a ouvir cantar, foi tudo muito bom e valeu a pena e a comichão na barriga pelo sapo que engolimos........ Ainda conseguimos conhecer melhor a educadora de Odivelas, que partilhou connosco a revolta da Revolução dos marqueses, e nos prometeu enviar as fotos tiradas por ela para o meu Mail... e quem sabe uma futura correspondência!!!! Nada se perdeu pelo contrário muito se ganhou!!!!


Mas foi muito Tarantino ... não foi???!!!!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Receita: Queijadas à Dionísio...

A prometida e famosa receita....UMMMMMMM


Ingredientes:

* 1 Litro de Leite Meio Gordo
* 50 gr de manteiga
* 200 gr de Farinha
* 600 gr de Açúcar
* 8 Ovos
* 1 colher chá de Baunilha (açúcar baunilhado)

Modo de Preparação:

Levamos o leite a aquecer juntamente com a manteiga até esta derreter.
Numa tigela juntamos o açúcar, a farinha e a baunilha.
De seguida juntam- se os ovos um a um.
Depois de tudo bem misturado, junta-se o leite em fio.
Barra-se as formas com manteiga e enchem- se até 2/3.
Leva-se ao forno previamente aquecido durante 20 minutos a uma temperatura de 200 °.

Desenforma-se e coloca-se em formas de papel e para quem goste, pode- se polvilhar com canela.

Bom Apetite!!!

P.S: Para quem ache que não consegue fazer esta receita, pode sempre recorrer aos profissionais da Escola de Cozinheiros Piloto Diese, diz a mãe P.D.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Queijadinhas à Dionísio

Ontem tivemos mais uma visita espantosa na nossa sala! A mãe da R.D. veio passar a manhã connosco!!! E fez-nos grandes surpresas!


Primeiro trouxe-nos uns chapéus de pasteleiro para colocarmos durante a confecção das nossas queijadinhas de leite;
Trouxe-nos também a receita (ingredientes e passos da preparação), de uma forma engraçada. Cada menino ficou com um papel em que tinha uma tarefa para fazer, portanto tivemos 18 tarefas, ora partir os ovos, ora pesar ou mesmo mexer com muito cuidado;

No final tivemos direito a umas belas queijadinhas de leite, saborosas e bem tostadinhas, um diploma de bom desempenho como pasteleiro e um momento delicioso de hora do conto. Ouvimos a história "Vaca de estimação", de Luísa Ducla Soares, contada a dois, ou melhor a duas ... pela mãe P.D. e pela filhota R.D.!!!!!

Adorámos esta manhã... obrigada MÃES da nossa sala ... têm surpreendido tudo e todos!!!

E os PAIS como é!!??? Olhem que já existem "PAIS candidatos", das outras salas, para cá virem à nossa sala ... fiquem atentos... e apareçam .... nós íamos adorar!!!!

sábado, 15 de novembro de 2008

Brasões de Família!


Na terça-feira ganhámos mais uma vez ... uma experiência fantástica de interacção entre família escola e também ganhámos conhecimento!!! Na segunda-feira ouvimos com muita atenção toda a explicação que nos foi dada sobre o que eram brasões e no dia seguinte nada melhor que pôr mãos á obra... ficaram lindos, para a semana chegarão aí a casa!!!

Agora somos todos "brasonados"... mas importantes e especiais continuamos a ser como já éramos.......

Obrigada Mãe M.J. adorámos a sua visita e participação, a sua presença foi muito importante para todos... mesmo!!!

Só para nos rirmos um bocadinho... desculpa Miana, (eu sei que te prometi, mas não resisto), então aqui vai:

Vera: Hoje todos fazemos um brasão de família, os pais vão adorar!

M.B. - Eu faço com o meu nome está bem...

Miana - Sim sim e no fim tu ajudas a Miana a fazer o bronze da Sala da Vera!!!

BRONZE = BRASÃO .... digamos que a Miana e com muita razão aprecia muito mais um belo bronzeado do que alguém brasonado!!! Eu corroboro com esta opinião....

No final rimos todos.......... foi bem engraçado os nossos meninos adoraram a gafe!!!
Miana prometo contar alguma minha!!!

Fizemos pão numa Máquina ... esquisita!!!


Vera-Então depois de tantas visitas quem é que quer convidar o pai, a mãe, outro familiar ou amigo para vir cá à nossa sala???


D.F. - Eu posso trazer a minha máquina do pão... ela faz pão... é uma máquina grande e pesada e faz pão!!


L.B.- Faz pão é uma máquina esquisita... o pão faz-se na cozinha!!!


D.F. - Não o pão faz-se na máquina da minha mãe....


Vera- É a Bimby????


D.F. - (triste) Ohhhh Vera a minha mãe não é Bimby!!!!


Vera- (aflita.... não fosse a criança dizer à mãe L.F. que eu lhe chamei bimbyyy ou bimba, sei lá)

Não D. o que a Vera te quis dizer é se a máquina se chama Bimby... percebeste (oh meu deus, grande alhada)


D.F. - Não Vera a máquina chama-se: MÁQUINA DE FAZER PÃO DO LIDL!!!! É assim que o pai disse...


Vera - Já entendi... (comecei a falar muito depressa e a disfarçar todos os comentários para ver se ele se esquecia que eu tinha chamado Bimby à mãe)... já toda a gente percebeu e acho que todos queremos ver essa máquina...


L.B. - (o contra-ataque)... ESQUISITA, máquina esquisita!!!


D.F.- Não.........


Vera- Está decidido a Vera vai falar com a tua mãe para fazermos pão na tua máquina de pão, aqui na escola, (peço desculpa pela redundância ... mas teve mesmo que ser)


Na sexta-feira a máquina estava a postos às 9h30 da manhã ao lanche comemos um belo pão feito numa máquina que trabalha sozinha!!! Modernices...


Obrigada Família Fonseca... adorámos a experiência!!! Bem ... e aquilo da Bimby ... não levem a mal...tá.... :):):( eu sei que não..........

P.S.- ainda por cima quando fiz a verificação do post dava erro em Bimby... claro... mas sabem qual era a verifificação... BIMBA!!! uuuuuuiii

Olivia,Pollock & Degas...


Depois de ler 10 vezes a História da Olivia á minha sobrinha de 2 anos (feitos amanhã), é claro contando de uma forma muito, muito, muito, mais simples e sucinta, porque ela capta quase tudo mas capta ao ritmo nível 2... :)
Decidi então que esta história tem que sair da minha biblioteca e ir para a NOSSA biblioteca.... ADORO a Olivia quanto mais a leio e vejo mais gosto dela... até me identifico um pouco com ela vejam só... rebelde, alegre, energética, divertida, e sempre a querer mais e mais...insatisfeita!!

Deixo-vos então estes dois quadros,"Ritmo de Outono" de Pollock e "Ensaio de Ballet no Palco" de Degas, que ela, a Olivia, também nos dá a conhecer no seu primeiro livro.. simplesmente: "Olivia".
E já agora lembram-se das capas portfólio do ano passado!!!???
Eram bem parecidas com este Pollock não eram?...
Mas mais Arco-Irís!!! E ainda bem!!!

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Castanhas quentinhas ... São Martinho ...

Uma canção para o São Martinho...


Dia 11 de Novembro

em casa ninguém me apanha

vou beber a jerupiga

e comer bela castanha


Vou para a rua

cantar e dançar

O São Martinho

vou festejar
...

Um passeio no Jardim do Campo Grande!


Hoje tivemos uma tarde diferente!

No inicio da tarde decidimos ir ao Parque, ou melhor ao Jardim...
soube-nos tão bem!!!

Brincámos, corremos, saltámos e acima de tudo divertimo-nos muito, a risota foi tanta, tanta, tanta que quando chegámos fizemos fila para a casa de banho!

Valeu bem a pena... adiamos algumas actividades do nosso plano e agenda semanal, mas foi importante estarmos juntos e aproveitar o bom tempo deste Verão de São Martinho!

As Regras das Réguas...

D.F. - Vera Lisboa está cheia de réguas...até aqui na nossa escola nós temos muitas!

Vera -Pois é D. as réguas são boas para fazermos linhas direitas.

D.F. - Ai é, não sabia!!!! As réguas são mesmo boas ajudam os meninos a fazer tudo bem, não é Vera?


Vera - Muito bem D.!

D.F. - Olha sabes as réguas de trânsito também são muito importantes... o meu Pai ensinou-me que é proíbido virar para trás ao pé da minha casa!

Vera - Ahhhhh! D. em vez de réguas diz-se regras!

Grande associação... baralhada mas com as funcionalidades correctas....

Muito bom!

domingo, 9 de novembro de 2008

Iogurtes Lirícos...


P.C. -Vera porquê que a Tia Lena não nos compra iogurtes Líricos...

Vera - Podemos pedir-lhe... ela vai adorar a ideia P.C.!!!!
Líquidos P. ....... diz-se líquidos!


Já estou a imaginar um bom Slogan:
"Saboreie o sabor da música...lírica"

O quê? Quem? Onde? Quando? Porquê? E ... mas... porquê?



As famosas perguntas difíceis...


"Entre os três e os cinco anos, o poder inquisitório de uma criança parece não ter fim. Ainda não ouviu a resposta a uma pergunta e já está a fazer outra. E outra, e outra e mais outra. Tudo porque tem um grande desejo de compreender o mundo.
Por vezes, pode parecer que a sua vontade é um pouco desenfreada, mas os pais não devem preocupar-se. As perguntas dos filhos demonstram que eles estão a olhar para o que os rodeia e a reflectir sobre o que observam.
Responda sempre com naturalidade e bom-senso.Use frases simples e recorra a ideias ou imagens mentais fáceis de assimilar.
Por vezes, as crianças repetem a mesma pergunta muitas vezes. Isso deve-se a uma necessidade de confirmar o que pensam sobre determinado assunto. Nesta fase, as crianças podem tornar-se cansativas, com tanta pergunta.É importante que os pais saciem a sua curiosidade, mas também que lhes expliquem que há um tempo para tudo, inclusive para descansar a mente."
Texto: PAIS&Filhos
17 Agosto 2007

Campanha de Natal- AJUDAR E SABER SER!



Esta semana, inspirados pela campanha de NATAL a que aderimos de mãos, alma e coração percebemos melhor o que significa realmente AJUDAR e SER SOLIDÁRIO!

Deixo-vos este poema para reflectirmos, pensarmos e acima de tudo sentirmos!!


Saber Ser...


Solidários somos pessoas, somos vida.
Solitários, somos apenas mais uma peça
no meio de tanta gente.
De mãos dadas, somos força.
Desunidos somos abandono e impotência.
Isolados somos ilhas sem azul.
Juntos somos continentes.
Inconscientes, somos SER sem voz.
Reflexivos, somos grupo.
Organizados, somos civilizados.
Sem organização, somos só mais um objecto de lucro.
Em equipa, ganhamos e aprendemos a perder,
crescemos em cooperação.
Individualmente, perdemos, continuamos iguais.
Participando, somos sociedade.
Marginalizando-nos, somos só mais um,como tantos.
Unidos somos um só,SABER e SENTIR.
Dispersos, somos vozes sem eco...
Em comuniade, fazemo-nos ouvir com convicção.
Com acções sólidas, construímos sempre.
Com partilha, ajudamos e evoluímos ...
Com esperança, crescendo com valores de entre-ajuda
seremos juntos...UM MUNDO MELHOR!!!


É este o valor que quero passar às minhas crianças... sempre!!!

Faz parte do SABER SER!

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Halloween na escola!

Os amigos do Inglês explicaram-nos o que era a Festa do Halloween e convidaram-nos para festejar com eles este dia "horripilento". Foi uma interacção bastante importante não só para os amigos que têm esta actividade como para nós que ficámos a conhecer mais sobre a tradição de outro país!!!!


Sabem de onde vem a palavra Halloween?
Dia de Todos os Santos diz-se em inglês All Hallows Day. A noite anterior a este dia é muito importante, por isso Halloween é uma abreviatura de All Hallows Even - "Noite de Todos os Santos"!
Muitas pessoas, em Inglaterra, acreditavam que nesta noite os fantasmas e muitas vezes as bruxas vinham visitar-nos nesta noite, daí em português também se chamar "Noite das Bruxas"!

domingo, 2 de novembro de 2008

Projecto: Onde vivem os Príncipes e as Princesas?


A par do Projecto: Onde vivem os Príncipes e as Princesas, no Castelo ou no Palácio? a Tia Lena veio até à nossa sala falar sobre a vida de uma princesa que lhe é bastante especial, a Princesa Carolina do Mónaco.

Depois de muitas perguntas, respostas e descoberta de grandes curiosidades a Tia Lena motrou-nos parte do seu portfólio real da Família Real do Mónaco...


Com esta visita aprendemos muitas informações que desconhecíamos, por exemplo:


  • As pessoas que não pertencem ao "mundo" real são chamados de plebeus e plebeias;
  • As princesas e príncipes só usam as coroas e mantos em dias especiais;
  • Os príncipes e princesas vivem nos palácios e alguns deles têm também castelos e passam férias nos mesmos, claro que isto só acontece nos dias de hoje.


Adorámos esta visita/comunicação à nossa sala, obrigada Tia Lena!!!!


Receita: Doce Real ....

Na sexta-feira fizemos um doce para a nossa sobremesa e partilhamos com os amigos das outras salas!

Este doce tem uma poção mágica que no tempo dos príncipes e princesas dava força aos guerreiros e transformava os inimigos em amigos... nunca existiam guerras! - Esta foi a história criada por alguns amigos da sala, enquanto discutíamos qual o nome para este doce! Aqui fica a receita ...
................................................................................
Ingredientes:

-2 pacotes de Natas, (250 ml)

-1 lata de leite condensado

- 2 pacotes de bolachas de chocolate (tipo Filipinos)
.....................................................................................................
Preparação:

Partir numa tigela ou triturar os Filipinos de modo a ficarem pequenos pedaços.Numa tigela à parte, misturar as natas com o leite condensado.Depois de muito bem misturado deitar os Filipinos partidos e misturar novamente.Levar ao congelador se quiser comer como gelado no Verão ou ao frigorífico se preferir como doce, foi a opção que escolhemos!
Experimentem é uma delícia...

sábado, 25 de outubro de 2008

A nossa agenda semanal:








Azeite... de onde vem?




A delicia das hipóteses...


Os amigos da nossa sala levantaram algumas hipóteses sobre de onde vinha o Azeite, alguns tiveram perto outros menos... mas o que é importante é que TODOS mostraram interesse em querer saber mais e descobrir e explorando no terreno... ou melhor no olival!!!


E lá fomos nós ... à apanha da azeitona!


Que grande visita, actividades e descobertas!
Descobrimos então que o azeite vem da azeitona e que nasce na oliveira!
As azeitonas são colhidas depois bem lavadas, posteriormente são esmagadas, trituradas e espremidas, retirando assim todo o liquido que nelas existe... dando origem ao Azeite!

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Mãos á obra...no Outono!

A par do que já tínhamos feito sobre a nova estação do ano, o Outono, que mais parece um misto de Inverno Cubano, com direito a tempestade tropicalesa e cheias à Portuguesa... decidimos pôr mãos à obra!!!

As actividades da sala, as que temos todos os dias ao nosso dispor, falo das actividades das áreas de trabalho, e os projectos preenchem-nos. Mas mesmo assim não podemos repelir, de vez, os TEMAS que nós tanto tentamos evitar por serem demasiado estanques e por vezes nada interessantes e pedagógicos... aqui está a prova que por vezes não é bem assim!

Já eu quando andava no Jardim de Infância o fazia e muitos de vós também o devem ter feito!!! A bela da folha do Outono, a castanha do São Martinho e ás vezes até preenchia as nuvens por dentro com algodão! Isto tudo para vos explicar que por vezes os assuntos ou temas, se assim os quisermos chamar, que nos poderão interessar menos, a nós e a eles, podem trazer um quê de interessante e até alvo de questões!

Depois do amigo M.L. nos ter trazido alguns elementos do Outono, ( folhas, ouriços da castanha, castanha e outros) outro amigo da sala, o P.C., perguntou-nos se o mês em que estávamos era o mês do Outono. Uma breve explicação elucidou-os a todos, percebi então que é bastante pertinente não fugir de assuntos que nos parecem básicos ou menos lúdicos para crianças como as minhas... especiais, fantásticas, maravilhosas e com uma sede de saber mais e mais e mais até não acabar...

Primeiro começámos por perceber que Outubro é o mês em que estamos, e Outono a estação do ano deste mês e de mais alguns!!!

Falámos das características desta estação e outras particularidades da mesma, surgiu então uma conversa sobre árvores... estas ficam com folhas verdes escuras, amarelas, castanhas e na opinião da I.C. ficam até cor de laranja pôr do sol, (digam lá se os meus meninos são ou não são um tesouro de encanto e genialidade...)

Dito isto e muito mais... a grande ideia surgiu... e mais um projecto nasceu...

...A árvore das estações...

E porque não fazermos uma árvore aqui para a nossa sala, perguntou a Miana... o ideal seria plantar uma árvore, mas prontamente nos responderam ... e as raízes???

O melhor seria construí-la com alguns materiais, sugeri eu... e é claro que criar é motivo de "revolução e gargalhada". Aceitaram prontamente o desafio, saltaram ideias, brilharam fantasias e decidimos então qual seria o grupo de trabalho e mãos à obra... no final da semana visitem a nossa sala .. terão uma bela surpresa ... talvez uma árvore "Bonsai" :) com cores e cheiros do Outono.... agora, porque quando chegar outra estação estará bem diferente, nas sempre original!!!

E aqui está a prova, que da simplicidade de uma conversa na reunião de conselho e de uma surpresa de um amigo podem nascer grandes ideias, aprendizagens e projectos...

Mais um dia fantástico com este novo Projecto que nos ofereceu curiosidade e vontade para aprender e muito entusiasmo para criar!!!

sábado, 18 de outubro de 2008

E o senhor muito gordo quem é, quem é???



Belas deduções e grandes descobertas ! Uma conversa agradável a par do Projecto
"As tartarugas":

M.L. - Vera tu sabes que as tartarugas terrestres são mais fortes do que as tartarugas marinhas?

Vera- Não, não sabia! Mas como descobristes?


M.L.- Então... Estive na nossa biblioteca e vi no dossier das pesquisas ...dizia assim: as tartarugas terrestes são as mais fortes do mundo!


Vera- Ai são, então e como é que leste isso? Explica-me lá como fizeste!!! (e dirigimo-nos os dois para a biblioteca)!

M.L. - Estás a ver, está aqui!!! Oh... Tar-ta-ru-gas Terrestres as mais fortes do Mundo! ( apontando com o dedo da esquerda para a direita e de cima para baixo sobre a imagem do SENHOR Presidente gordinho....)


Vera - Boa M., (e dei uma bela gargalhada!). Já descobri porque dizes que elas são fortes!


M.L. - Pois... elas são as mais fortes do Mundo... já viste este Senhor muito gordo... oh Vera ele vive com as Tartarugas naquela floresta!!!


Vera- (Oh meu deus! pensei eu... e agora!, mas acho que as crianças devem contactar com a dura realidade desde cedo) - M. este senhor mora em Portugal que é o nosso país, ele é português e chama-se Mário Soares (e por sinal já foi o nosso presidente!...) e sentou-se na tartaruga só para tirar um fotografia, depois veio para Portugal!

M.L. - Eu não gostava que se sentassem em cima de mim... faz mal às costas... a tartaruga pode não gostar...

Vera-Pois é M. faz muito mal às costas não devemos fazer isso!!! (e pensei : se eu fosse tartaruga também não gostava... mas a pobre não fala!)


Palavras para quê!!!

"Ser e Ter" - A prova que a heterogeneidade funciona!

Grande Documentário...

Regresso ao passado...
Lembram-se meninas da E.S.E. Lx.?!

Olhem só o que encontrei no escritório cá de casa, uma pasta portfólio de trabalhos de grandes dimensões, e no meio de cartazes e grandes cenários que viram o estrelato de grandes universitárias eis que encontro o poster do meu grande JOJO!!!!

Aqui fica a minha crítica a jeito de sinopse para os que querem recordar e para os que querem conhecer!!! Muito bom....descubram-no porque é uma delicia!
  • Numa escola primária na região de Auvergne em França, Georges Lopez é professor de uma turma de treze crianças, com idades compreendidas entre os 4 e os 10 anos. Lopez ensina três grupos de diferentes idades em lições separadas, certificando-se sempre de que eles entendem as tarefas que lhes são pedidas – quer seja para pintarem um desenho, aprenderem matemática, iniciarem a leitura, construírem uma obra de arte ou mesmo a fazerem crepes. Lopez, um educador veterano à beira da reforma, é um modelo de sensibilidade e compreensão a lidar com crianças. Nunca levantando a sua voz e falando directamente com eles, o seu afecto é tão notório como o respeito e a confiança que as crianças têm por ele.
  • O brilho do documentário está nas expressões das crianças, filmadas com intimismo e autenticidade perante as suas inquietações. O pequeno notável Jojo, de 4 anos, encanta pela inocência e curiosidade. Distraído com os deveres da classe, o encantador menino desobedece algumas regras impostas por Lopez e ainda participa de uma cena cativante com Marie, quando ambos tentam tirar fotocópias e acabam por estragar a máquina da escola. São momentos únicos, que retratam um pouco a nossa infância no presente, sem fazer apologias à escola como futuro promissor. Neste documentário pouco importa saber que modelo pedagógico está por trás do ensino do professor, mas sim evidenciar que tipo de relações humanas são construídas dentro da instituição.
  • Mesmo com a interferência inevitável da câmera, o documentário lampeja instantes reais. Não se trata de expor um ''filme-tese'' sobre a educação. O documentário nem procura ser tão pretensioso assim. Ser e Ter compila fragmentos poéticos do relacionamento entre o adulto e a criança. O cineasta Nicholas Philibert prefere ser menos hermético e mais sensível ao simples. Ele força o espectador a observar os pequenos detalhes que fazem a diferença.

  • (Com base no resumo do filme e na crítica feita por cinema 2000 - SER E TER: Être et Avoir, de Nicholas Philibert, FRA, 2002)

Sábado + Sol + Mar = Ericeira




"Metade da minha alma é feita de maresia"


Sophia de Mello Breyner Andreson

Igualdade e Solidariedade! ...promove-se ... ensina-se... e também se aprende...

Para Reflectir...
"Qualquer sociedade humana retira a sua coesão de um conjunto de atividades e projetos comuns, mas também, de valores partilhados, que constituem outros tantos aspectos da vontade de viver juntos. Com o decorrer do tempo, estes laços materiais e espirituais enriquecem-se e tornam-se, na memória individual e coletiva, uma herança cultural, no sentido mais lato do termo, que serve de base aos sentimentos de pertencer àquela comunidade, e de solidariedade...".

(Educação - Um tesouro a descobrir - relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI - Jacques Delors - Cortez Ed. 1998).

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

De Férias ... com Filipe La Féria....






Aqui estreia mais um espaço dentro do nosso blogue.



  • Crescer a Rir vai ser um espaço onde irei publicar não só as situações mais divertidas da sala como as grandes piadas, trocadilhos e mais e mais, na nossa sala para rir é preciso muito pouco!!!
  • Garanto desde já o sucesso deste pequeno baú de tesouros, já que os autores das deixas são autênticos, sinceros, originais e com um grande sentido de HUMOR!!!

Então aqui vai a primeiríssima:

R.D.: Oh Vera tu aqui neste teatro musical és.....


Vera: Sim... sou.......... diz lá...


R.D.: És uma pessoa que nos ajuda no teatro por isso és uma pessoa que .......

Vera: Sim... Sou uma pessoa que vos ajudo a ensaiar, sou a encenadora.
(e aqui confesso que já pensava, bolas as crianças são sinceras e descobrem valores que nem eu sabia que os tinha, estou a prestar um grande serviço.... e que meninos espectaculares que eu tenho - pensamento de convencida e de quem não estava a perceber nada de nada!!!!)

R.D.: Não, Vera tu és uma pessoa.... assim.... deeeeee de férias!

Vera: Não R. a Vera não está de férias a Vera está a trabalhar
(e muito muitooooo pensei eu!!), com os meninos da sala neste projecto que é um Teatro,
(eu não estava a perceber nada de nada, confesso...).

R.D.: NÃO VERA!!!! (já farta, aflita e a começar a corar), tu és uma pessoa das férias!!!

Vera: E...... CLIC!!!!!! R. o que tu queres dizer é que eu sou como o Filipe la Féria, é isso???!!!!

R.D.: ISSO,ISSO ,ISSO....
(e esboçou um sorriso enorme, brilhante e rasgado e de certa forma aliviado), é isso Vera tu na nossa sala és como o Filipe La Féria. não és!!!

Vera: Sim R. é isso mesmo eu sou como esse senhor que é encenador!
(aqui está uma educadora modesta, e que não conta a verdade toda aos alunos pois, o senhor não é só encenador, é director cénico, é dono de dez companhias de teatro e já compra teatros em Lisboa... bem mas o que interessa é que a R. disse que eu por um dia fui como ele...)


Palavras para quê!!!

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Grande estreia Teatro Musical: "A Carochinha e o João Ratão"


A nossa sala em Movimento...


Depois de uma discussão, entre 4 crianças, de como terminava a história da Carochinha e do João Ratão, decidimos investigar!!!


E mais um Projecto....


Primeiro pedimos a todos os amigos que tivessem a história para a trazer, de seguida fomos à biblioteca da nossa escola, para a encontrar, e no dia seguinte tivemos então o nosso debate sobre a verdadadeira história da Carochinha!

Depois de chegarmos à conclusão qual era o final da verdadeira história, decidimos escolher a história com um final mais simples, sem deixar de ser verdadeiro... assim ficámos a conhecer a verdadeira história mas não deixámos de escolher a que mais nos agradou. E com isto, a convite de uma Carochinha mais desinibida, decidimos fazer um Teatro Musical.


Organizámos o grupo de actores, precisávamos de um cão, um burro, um porco, um João Ratão e a Carochinha que já estava preparada para assumir o seu grande papel!

Começámos os ensaios e a construção do cenário e adereços...
O verdadeiro MOVIMENTO... Teríamos de ser rápidos, simples e organizados e é claro que fomos, pois em dois dias apenas conseguimos pôr em cena o nosso grande Teatro Musical "A Carochinha e o João Ratão".

Fizemos convites, convidámos os amigos das outras salas e escusado será dizer... o espectáculo foi um sucesso!

Prometemos repetir!!!

sábado, 4 de outubro de 2008

Txarammmmmmmmm... a revelação do ano!!!

Finalmente a educadora revelação abre portas à sua sala e ao seu trabalho desafiando tudo e todos... (Vá, agora vou esperar uma semana e tal por uma mão cheia de comentários)!!!

Aguardem-me...