terça-feira, 31 de março de 2009

Motricidade Global

A motricidade global é desenvolvida diariamente na nossa sala! Através de sessões bastante variadas, quer no recreio, ginásio ou mesmo em contexto de sala, de uma forma implícita e noutras áreas como as Sessões de Música ou Dramatizações... podemos fazer tanto ...




Aqui fica uma sugestão para experimentarem...


1-As criança sentam-se a pares;
2-Depois de sentadas abrem as pernas unindo pé esquerdo com pé esquerdo e pé direito com pé direito, (estas noções podem ser reforçadas oralmente), de seguida pedimos que se afastem um pouco o corpo um do outro, para dificultar a actividade;
3-Com esta postura podemos fazer imensas brincadeiras desenvolvendo a motricidade global e destreza motora, como:
-Passar a bola de um para um, rolando; passar a bola de um para um, atirando, passar a bola de um para um, só com uma mão, entre outras formas;
-Passar arcos de mão em mão, pelo chão e pelo ar;

E para reflectir aqui fica...


"As crianças e os jovens demonstram de forma regular, uma sistemática necessidade de actividades motoras vigorosas em diversos contextos da sua vida quotidiana em dinâmicas formais e informais. Estas actividades (posturais, locomotoras e manipulativas), são decisivas em todo o processo de desenvolvimento e aprendizagem de habilidades motoras e capacidades físicas, seguindo um aperfeiçoamento progressivo em termos quantitativos e qualitativos. Tais actividades apresentam um significado profundo em termos de necessidades biológicas e sociais, sendo realizadas habitualmente (dependendo da ambivalência do comportamento dos adultos) com grande prazer e entusiasmo. A atitude lúdica associada ao desenrolar destas actividades motoras, conferem a exercitação da função e sentido de intencionalidade, que, sendo imediatas, permitem ao ser humano uma relativa e confortável capacidade de adaptação ao longo da vida em relação aos desafios do seu envolvimento físico e social."



in/ Neto, Carlos. Jogo na Criança & Desenvolvimento Psicomotor. Faculdade de Motricidade Humana.Universidade Técnica de Lisboa.

11 comentários:

Nós disse...

Ora aqui está um exemplo de desenvolvimento de competências que muitas vezes fica esquecido por parte dos docentes, achando que isto compete "apenas" aos professores de educação física.
E tal como este Sr. Prof. Carlos Neto diz: é a brincar que as crianças fazem as suas maiores aprendizagens!!!

P.S. Este Senhor devia ser de leitura obrigatória para todos os docentes e para pais que queiram saber sempre um bocadinho mais! ;)

Marta disse...

Vamos experimentar de certeza. Origada pela sugestão. A verdade é que com o sucesso do Beto, uma pessoa até se sente intimidada em experimentar algumas actividades físicas que poderiam eventualmente ficar àquem das exigências dos nossos meninos. Mas sim, amiga Vera, cvou experimentar um destes próximos dias... ;-)

M. disse...

Venho só aqui dizer que:
ESTE BLOG ESTÁ LINDO!!!
Adoro as flores na lateral.
Parabéns Vera pelo restyling da casa.
Beijinhos

Xibimix disse...

Pé esquerdo com pé esquerdo e pé direito com pé direito? Então para estarem frente a frente teriam de ter os pés cruzados!!!

Não dêem noções erradas aos miúdos que as questões de lateralidade, só por si, já são complicadas...

Parabéns pelo blog, partilhar aumenta-nos!

Vera Luís disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vera Luís disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vera Luís disse...

É verdade... partilhar aumenta-nos faz-nos crescer como cidadãos activos e conscientes. Aceitar as sugestões e críticas dos outros também nos faz muito ... evoluímos, mudamos, melhoramos! Para ser sincera as noções e instruções foram dadas um a um e não de um para um, por isso não os levou ao "engano"! Mas de facto dito assim parece que que os pés estariam cruzados, mas não... as indicações dadas foram mesmo: vamos esticar o teu pé direito,(dando a ajuda com a minha mão), e vamos unir ao pé da Inês!... e vice-versa. Estas noções são realmente complicadas de serem explicadas e visualizadas por eles! A criança primeiro percepciona de uma forma regulada e orientada o seu próprio corpo e só depois o do outro... a simetria e lateralidade são noções que se estabilizam bem mais tarde ... mas nós podemos ajudar, não é???!!!! Obrigada pela partilha!

Patrícia M disse...

Posso pedir por mail, a 2ª foto?
:)

Xibimix disse...

Sou leitora deste blog já há algum tempo, por alguma razão é, e só pode ser por gostar, pois de outra forma não perdia tempo a visitá-lo. Não quis criticar, apenas comentei o que estava escrito e ao ler "Depois de sentadas abrem as pernas unindo pé esquerdo com pé esquerdo e pé direito com pé direito, (estas noções podem ser reforçadas oralmente)" a ideia que tirei foi realmente que sendo assim estava errado. Percebo nas tuas palavras que te caiu mal e peço desculpa por isso, não era minha intenção ser indelicada.

Continuação de boas partilhas =)

Vera Luis disse...

Não me pareceu nada mal...aliás reforço dizendo que na partilha se cresce e evolui...talvez não me tenha explicado bem no post e tentei explicar melhor no comentário, pois percebi de imediato com as suas palavras que poderia não estar explicito como cheguei às noções com as crianças!!! Agradeço imenso a partilha e a critica construtiva pois só assim podemos crescer!! Obrigada...e espero que nos continue a seguir!

Xibimix disse...

Óptimo, ainda bem que ficou tudo esclarecido!! Vou continuar a seguir com toda a certeza =)