terça-feira, 7 de abril de 2009

Projecto "Os cinco sentidos" ... do estudo à intervenção!

Este Projecto deu "frutos" e foi dos Projectos mais completos que tivemos até agora! Pois do Projecto de estudo que fizemos partimos para um Projecto Técnico onde realizámos duas entrevistas a pessoas com características diferentes das nossas, construímos cartazes bem apelativos, na base das necessidades sentidas por essas pessoas e por ultimo partimos para um grande e ambicioso Projecto de Intervenção... queríamos mudar o pensamento dos outros e mais que isso as atitudes das pessoas que nos rodeiam! Começámos na nossa escola, passámos pela nossa família e terminámos na RUA na nossa rua!



























Decidimos fazer cartazes para distribuir pela nossa rua... em tom de "brincadeira séria" até disse:

"Vamos mudar o Mundo a partir da Avª 5 de Outubro..."

E foi assim que tudo começou, tivemos o excelente contributo da Mãe Dora que nos ajudou desde o planeamento à concepção desta campanha, ideias é que não nos faltavam!

O primeiro passo foi construir um texto em reunião de conselho. Um texto colectivo onde todos participassem de uma forma activa e espontânea, pois agora já não tínhamos só ideias e suposições, tínhamos certezas e sabíamos o que queríamos! Depois de todo este estudo e depois de termos recebido a Sofia e a Sandra na nossa escola, que nos contaram como era ser invisual, (Sofia) e surda-muda, (Sandra), tínhamos a certeza que queríamos com a nossa experiência, ajudar os outros!!!

Surgiu então o magnifico cartaz...

Depois do cartaz organizámos um roteiro para distribuir os cartazes...

Por fim a distribuição dos cartazes nos cafés, restaurante, drogaria, papelaria, paragens de autocarro e tentativa de distribuição na Câmara Municipal de Lisboa... esta última sem sucesso... pois a Câmara não autorizou que lá colocássemos os nossos cartazes, mesmo explicando que as crianças estavam presentes nas infra-estruturas da Câmara, mesmo mostrando que era do interesse de todos que nos ouvissem mesmo que não nos autorizássem a fixar os cartazes , mesmo apelando para a sensibilidade de cada funcionário, mesmo pedindo só uns minutos para nos ouvirem... ninguém apareceu... depois de 2m de refexão e com um nó na garganta decidi que todos os meus meninos saberiam a total e íntegra VERDADE! E mais tarde voçês...

E por isso só hoje comento... por isso só hoje postei no meu blogue a informação e fotografias sobre este final apoteótico do nosso Projecto Interventivo...porque só hoje me sinto capaz de escrever com calma, sem revolta e ironia...

Estou sim bastante triste mas também feliz por termos conseguido chegar a todos, através de órgãos particulares que nos ouviram, que tiveram cinco minutos para nós, para assistir à comunicação daquilo que tínhamos escrito e ilustrado no cartaz!!!

Sinto-me feliz também por aquilo que conseguimos no nosso meio escolar, sensibilizar os amigos das salas e Famílias da nossa Família escolar!

Sinto-me feliz porque mais uma vez a regra nº1 da nossa sala foi aplicada... DIZER SEMPRE A VERDADE! ...foi duro para mim... e sei que os desapontei... mas também sei que a indignação que sentiram e as carinhas espantadas que me mostraram foi marcante para eles e nunca mais se irão esquecer... sei disso ...mas sei também, que eles sim, serão cidadão activos próximos da realidade e conscientes dos seus deveres e direitos... irão mudar e melhorar concerteza o nosso FUTURO...

“Não fazer nada... está mal, não é?, assim ninguém faz nada!!!” ... foram as palavras de algumas crianças deste grupo de 4 e 5 anos!

Pois é... tão pequenos como alguns dizem... mas já tão conscientes... já dizia a canção... OUÇAM!!!

Não ouvir os outros não é de Cidadão, não demonstrar igualdade, não é democrático, não deixar usar o que é nosso, sim estas instituições também são nossas, pelo menos é o que nos dizem em alturas especiais, nas eleições por exemplo, é totalitarismo ao mais alto nível... Oferecer os préstimos de forma irreal e reprimida, como mandar um e-mail a pedir um fax, para nos escreverem um oficio a pedir informações, para depois ser decidido em assembleia da Câmara, chama-se Burocratização disfarçada, é o lema do cigano, que por tantos é desprezado... nunca se diz que não há... diz-se sim: vou ver se arranjo... não ter respeito por crianças de 4 e 5 anos é mediocridade pura... as 6 pessoas com quem eu falei também não estão impunes...

Não, não estão... são elas que todos os dias vivem num regime profissional livre onde se podem levantar do seu posto de trabalho e ir ao pé de outra colega, apenas para pôr a conversa em dia, são elas que todos os dias picam o ponto às 9h e voltam para trás para ir ao café até às 9h30... são elas que têm o dito break para fumar um cigarro... são elas que se levantam, saem pela porta da frente e vão buscar o jornal Destak ao semáforo, para ler os anúncios de casas para venda, ali mesmo à porta da Câmara onde os muros servem para sentar e passar bons momentos de lazer...e foi nesse mesmo muro que nos sentámos ... mas não apareceu ninguém!!!

Sr. Segurança, Srª Recepcionista de Serviços Gerais , Srª Secretária de Serviços Gerais, Sr. Responsável pelo Departamento de Relações Públicas, Srª Recepcionista de Atendimento ao Munícipe, Sr. Engº ... poderiam ter feito o tal break só para nos ouvir a comunicar... só para ver o tal cartaz... esteticamente PERFEITO...LEGÍVEL...REAL, é o que todos nos têm dito!!!

Trabalhadores da Função Pública ... Entidades Estatais...ATENÇÃO... vocês tal como nós são cidadãos do agora ... pensem e reflictam... poderia ser um dos vossos... um filho ...um irmão... um sobrinho... um Pai... um neto ... um amigo... a precisar...

As palavras que proclamam devem acompanhar as vossas acções!!!

Obrigada a todos os que contribuíram de uma forma directa ou indirecta nesta campanha de sensibilização, e que mesmo assim, teve um forte impacto e enorme sucesso!!!

Obrigada à Mãe Dora, Família Pina, que nos apoiou e ajudou na concretização desta campanha, foi valioso o entusiasmo no planeamento e as palavras doces e sorrisos que nos ofereceu a todos durante o momento ensolarado à porta da Câmara!!!

Obrigada aos meus meninos... o trabalho foi todo vosso e esta campanha só seria possível convosco! Obrigada por me fazerem sentir orgulhosa e especial por vos ter comigo sempre dispostos a SABER-SABER, SABER-FAZER, SABER-MUDAR...

Obrigada à casa e família Piloto Diese que nos acolhe diariamente e nos apoia em TUDO o que fazemos e nas lutas que não ignoramos!

Assumindo totalmente o que disse: Vera Luís

Para saber mais visite-nos aqui...

4 comentários:

mae joao disse...

CRESCIDO igual a SUPER EGOISTA*

“ OS CRESCIDOS SÃO HORRIVEIS!!! Até têm coração… mas só funciona como máquina PUM PUM PUM. Quando lá de dentro a bendita máquina solta a voz do BEM-FAZER torna-se na maldita máquina que incomoda e dá azia, aí os crescidos ficam muito pequeninos e perdem um dos sentidos: a audição!!!! O coração é um órgão fantástico… consegue transformar-se numa pedra de gelo. É MUITO fácil os CRESCIDOS passarem de pessoas a COISAS…. ACREDITO QUE VOCÊS VÃO SER UNS CRESCIDOS MUITO MUITO MAS MUITO DIFERENTES!!!!!!!” uma observação/advertência minha que repetidas vezes faço aos meus três filhos.

Demasiado cruel?
Talvez?!?!?!?
Mas cá em casa também temos a regra DIZER SEMPRE A VERDADE!!!!! E por absurdo que possa parecer sinto que estou a ajudá-los a protegerem-se. Episódios destes são bastante dolorosos.

Muitas vezes me pergunto porque somos dotados de inteligência: vamos à lua, vibramos com as videoconferências e apregoamos os sucessos dos transplantes do coração. Não quero um dia chegar à conclusão que é um bem supérfluo!!

Para trás ficam os SENTIMENTOS, o AMOR, o RESPEITO PELOS OUTROS, a SENSIBIDADE, a BONDADE, etc.etc. ?!?!? Acredito ainda que não… porque O CORAÇÃO QUANTO MAIS SE DÁ MAIOR FICA!

CRESCIDOS: Quer queiramos quer não ESTÁ NAS NOSSAS MÃOS!!! PODEMOS MUDAR ESTA DEPLORÁVEL REALIDADE!!!!

AS CRIANÇAS SÃO O MELHOR DO MUNDO… OS CRESCIDOS PODEM E DEVEM SER O “2º MELHOR” DO MUNDO

*o super herói dos adultos

LF disse...

Que excelente ideia e iniciativa. O meu filho falou bastante sobre este Projecto e em casa falámos várias vezes sobre o mesmo.
É de facto uma pena que quem deve dar o exemplo e promover este tipo de iniciativas, seja o primeiro a dizer não. Enfim...
Parabéns pelo trabalho realizado diariamente com as nossas crianças e que venham mais iniciativas como esta.

Um beijinho,
LF

Sandro disse...

Mas... interessa quem adere, ou quem se fecha na sua ignorância?
A minha opinião, não dar importância a algo que deve ser encarado com a mais pequena das seriedades... Se eles fossem sérios, tinham vos levado a sério também!

Um beijo

Maria Manuela Guedes disse...

Porque é preciso mudar o mundo... e é esta a tarefa de quem tem sonhos e ama o que faz.
Pelo respeito que todas as crianças nos merecem...
Obrigado a todos os meninos dessa sala e também à Vera.
Manuela Guedes